Posted by : Se-chan segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Gente, antes de tudo, eu queria dar umas explicações de tanta demora.
Pra quem naum acompanha a comunidade Setsuna & Konoka no orkut deve tah sendo confuso tanto tempo sem fic (pelo menos naum lembro de citar aki nada)
Eu to de férias, num bauneário, e to sem internet, nem telefone, soh o celular mesmo.
Entaum... pra postar.. tenho que ir em lan house..
Outra explicação da demora eh que a Mazaki me mandou soh ateh o cap 20 de Lives.. entaum to completamente sem pressa..
Outras coisas que taum ocupando o meu tempo saum os meus progetos paralelos.. que to inventando do nada pra ocupar meu tempo XD
Um eh um outro blog.. onde falarei mais das musicas de negima, seiyuus, shows e variantes.. mas nada sério.. provavelmente sairia um post por mês uhahahuauha
Jáaaa o outro... Eh um fansub.. Sim.. eu jah tenho o Negima Daisuki.. mas o problema de lah eh que ninguém se mexe pra nada.. e isso me irrita, como fã do manga e como “profissional” do meio. Gosto de fazer tudo prático e os caras de lá taum se fresqueando pra conseguir a legenda do Parallel(Live Action) separadamente... Além da demora de tradução.. jah fico mais impaciente pq faço o timming de um ep em um dia soh.. enquanto os outros ficam coçando e demoram meses pra colocar on-line o ep ¬¬
Pooorr isso, quero fazer um fansub.. pro MEU gosto de anime.. ou seja.. especialmente para garotas! >D
Contendo: Comédia, Comédia-Romantica, Romance, Shoujo-Ai(Pq muitas gurias naum saum de ferro! XD), entre outros mais populares.
Primeira coisa que vocês NAUM vaum ver no sub é: ANIMES AO ESTILO DBZ-NARUTO-BLEACH-ETC ... pq? Naum que eu naum goste, maaaaaassss 1º - naum eh shoujo(saum shonens de luta, ou seja, “masculino” demais), 2ººººººº - Naum tenho paciência pra fica legendando animes grandes XD
Primeiros animes que vocês vaum ver no sub se eu conseguir instalar um programa pra fazer legenda com karaokê(pq eu to usando o SubtitleWorkshop, mas ele não tem karaokê, e o AegiSub, o programa que eu uso pra mudar as fontes tem karaokê, mas ele tem que instalar online e eu tive que formatar a repartição onde instalo os programas = há eu não tenho nenhum programa realmente bom pra legendar XD): Kannazuki no Miko(Anime: Shoujo-Ai, Manga: Yuri), Azumanga Daioh(Uma das melhores comédias já feitas, na minha opinião), Negima Parallel(E o Daisuki que vá a *$@% que pariu! XD), Karekano(Romance com comédia, naum dah pra dizer que eh comédia-romantica, é sério demais e eh da Gainax(mesma empresa de Evangelion)! XD), Angelic Layer(Se eu achar o anime, já que naum tenho e soh li o manga no meu pc há alguns dias, já que tinha há anos num cd), Tsubasa Resevoir Chronicles(To pensando... Outro do clamp pra que neh? Algum dia eu jah devo legendar Sakura e Guerreiras Mágicas...Queria tbm Chobits.. mas eh muito masculino.. apesar de eu AMARRR akele manga, pra mim eh o melhor do clamp, sim eu sou burra.. naum sou taum fã de X, nem de outros, mas sou apaixonada pelo traço de Angelic Layer-Chobits.. eh fofo demais! XD), Otome wa Boku ni Koishiteru(Comédia-Romântica-Falso-Yuri... pq eh um cara que se veste de garota num colégio feminino.. o cara é dublado pela Yui Horie, Makie em Negima e Naru em Love Hina, e no final vc mal lembra que eh homem.. por isso.. “falso yuri”, a as yuris babam por “ela” e os homens ficam sem saber o que achar “dela” pq eh linda, mas eh homem, continua tendo “akilo”, mas eh “delicada”, “fofa” e tudo de bom XD .. um verdadeiro anime somente para bissexuais desfrutarem totalmente uahuahhaah .. outra comédia EXTREMAMENTE boa! Aconselho a todos, o traço eh lindo e vcs vão se matar rindo dos SDs, super deformeds, do anime! Vicio-me(maldita auto-correção do Word XD) cada vez mais quando re-vejo ele, jah vi 3 vezes o anime inteiro desde que entrei de férias e naum me enjôo! >D)
AGORA.. o ponto principal do fansub, para quem agüentou a faladeira ateh agora XD, eh: Você se cansa de fikar baxando anime que demora pra sair subado em port? Vc começa a baxar ele em inglês ou em Raw(Seja por torrent, youtube, google vídeo, ...) soh pra ver como termina e dpois naum volta a baxar pq tem preguiça? Agora chegou o Shoujo-Anime! Animes distribuídos com legenda separada (onde vc pode abrir o vídeo normalmente com a legenda, desde que essa esteja com o mesmo nome do vídeo, mesma pasta e tenha o programa VobSub instalado XD), para vc naum precisar passar trabalho baxando o vídeo inteiro novamente soh pq tem menos de 100kb há mais por causa da legenda inclusa!
Naum sei se soh eu que baxo os animes assim.. mas se der certo.. eu continuo com o projeto! /o/
Se eu conseguir os animes em raw, eu posso incluir as legendas e fazer opload tbm separado... mas tanto faz.. se der.. deu.. se naum der.. naum deu xD
Como eu vou traduzir tudo? Naum vou! Vou olhar vídeos de outros subs e revisar a legenda, pedir autorização pra copiar e distribuir! Se naum autorizarem? Distribuo tbm! Nunca irão saber! Sabe pq? Pq to aprendendo japonês sozinha e digo que eu traduzi ou digo que foi a coitada da Milk-chan que sabe japonês! Uahuahuahauhuha (empurrar a culpa pra amiga.. que feio Se-chan XD)
Mas vou traduzir animes que tenho em inglês (já que naum tive a paciência de esperar subarem em português), jah que to virando especialista nisso e jah completei meu curso de inglês com curso intermediário completo! (em três anos, +-, quatro livros, belezura naum!? >D) Eu também poderia pegar filmes e subar.. mas provavelmente naum muitos, pq filmes voltados pra mulheres normalmente saum complexos, chorões e água-com-açucar... Epa.. esses saum tipos que eu gosto! uhauahauhauh Se bem que tenho mania por filmes de terror XD (gosto estranho naum? heh) Entaum.. se eu traduzir filmes.. hmmm.. dexa eu ver.. provavelmente pegarei meus favoritos.. entaum deve ter na lista “Imagine eu e você” (lindo romance Yuri entre duas mulheres lindas! *.* Tah virando meu filme favorito), “Um Amor para Recordar” (Bem... aconselhado por alguém importante na minha vida, pelo menos no passado e presente, entaum... acho que naum pode ficar de fora *corada*), “O Último Samurai” (Naum poderia faltar, jah que eh pra mulheres... a desculpa será: “tem muito homem bonito!” auhauhauhauhauhahuauh), “Memórias de uma Gueixa” (Vai dizer que esse filme naum eh perfeito???? *.* E ainda com TANTA mulher bonita!! huahauhauhauhauh), “Nana 1 e 2” (Sim! >D Pegarei os dois filmes e farei legenda! Mesmo que eu tenha que morrer pra isso! /o/), “Love My Life” (Filme versão Live Action de um manga que eu nunca ouvi falar, se alguém conhece ... me diga onde baxar que eu legendo ou traduzo o manga. Obs: nunca vi o filme XD). Por enquanto eu acho que é só de filmes! XD
Bem.. além disso.. vou fazer esse fansub pra realizar um desejo de longo prazo meu: Subar shows! XD
Eu sou fanática por shows de seiyuus e cantoras, entaum quero fazer pelo menos o karaokê e fazer opload pros sofredores que naum conseguem baxar os shows por torrent! XD
Shows como:
- Negima Dai Mahora Sai
- Negima Magical X’mas
- Negima Princess Festival
- Love Live Hina in Osaka
- Love Live Hina in Tokyo Bay
- Ayumi Hamasaki ARENA Tour
- Kotoko (Algum show que eu naum sei o nome e um dia eu conseguirei baxar XD)
- High and Might Color (Se eu conseguir algum deles XD)
- E mais alguns XD

Sugestões, xingamentos e afins deixem nos comentários abaixo xD
Agorrraa!!! FICS!!! >D

-----------------------------------------------------------

03 – O Romance que se Intensifica com a Lua

De repente escutaram-se, vindo dos corredores, sons interpretados como leves risadas e passos rápidos, escondidos pela escuridão. As moradoras não sabiam o que era, mas o mais provável era que fosse um casal secreto tentando passar um tempo a sós.

Bem, realmente era um casal secreto. Quer dizer, um casal que tentava ser secreto. Os passos foram escutados pela maior parte das moradoras e provavelmente as risadas talvez bastassem para se reconhecer as vozes.

Konoka puxava a espadachim pelo pulso com um sorriso enorme, estampado no rosto o dia inteiro, fazendo a mão da guarda-costas tocar de leve em seu ombro.

Enquanto subiam a escada que dava para o terraço escutaram uma voz vindo do corredor que haviam acabado de atravessar. Não podiam ser pegas no meio da noite fora de seus quartos, senão seriam levadas até o avô de Konoka por violarem regras dos dormitórios.

Conheciam essa voz, era Ayaka. Obviamente, a Iincho da sala 3-A era sempre preocupada com as regras, sendo dentro ou fora da sala, então colocou-se no posto de vigilância dos dormitórios. ‘Maldita Iincho!’ Pensava indignada a maga.

A espadachim segurou rapidamente Konoka e levou-a até o telhado antes que a representante da sala de ambas as vissem na escuridão dos corredores. Os corpos estavam colados, estavam escondidas atrás da porta que dava para o telhado. Setsuna sentira que já havia se sentido deste modo antes. Era estranho para a guarda-costas sentir um deja vú, não lembrava de ter muitos no decorrer de sua vida, isto a preocupava.

O cheiro adocicado de sua querida Kono-chan chegou-lhe as narinas rapidamente, por “culpa” da proximidade das duas. A guardiã avermelhou-se ao lembrar o porquê do deja vú. Fora causado pela lembrança de sua infância, o mesmo cheiro, o mesmo olhar, apesar do crescimento corporal causado pelo tempo decorrido.

A maga sorria-se com a preocupação de Setsuna. Queria mesmo ficar assim junto desta, mas não por causa de uma Iincho-chata, e sim por puro romantismo e calor humano. Desejava ver sua Set-chan declarando seu amor a ela, dizendo mil palavras de amor, seja em que língua fosse, apenas queria isso... O amor da garota expresso em palavras, mesmo sabendo que a outra não era das mais falantes e de melhor sentimentalismo.

Sabia que esta a amava, mas também sabia que Setsuna achava que não precisava expressar tal amor em palavras e gestos em público, mas isso não mudava o desejo de ver sua doce amada tomando coragem de enfrentar o mundo por ela. A sensação causada apenas pela imaginação da herdeira das Associações Mágicas já era boa demais... Imaginem só qual seria a verdadeira emoção causada pelo momento!

Deixando isso de lado, a maga olhou para a espadachim e apoiou seu rosto no ombro de Setsuna. Sabia que Ayaka já havia ido embora, mas queria aproveitar aquele momento com a garota. Poderia ser o último, nunca se sabe o que vai acontecer no futuro, não é?

Por mais contraditório que seja, a sensação calmante provocada pelo leve contato fazia seus corações apressarem-se levemente. A amargura que ambas sentiram ao lembrarem que ainda não poderiam fazer isso há qualquer momento veio num instante, e sumiu em outro. Não era hora de lembrar desse tipo de coisa, isso se deixa para qualquer outro momento, menos quando se está tão aconchegado.

Uma lembrança veio na mente da herdeira das Associações Mágicas, de uma bela noite, um pouco fria, lembrava, mas mesmo assim prazerosa, divertida e inesquecível.

“Né, Set-chan... Você lembra do dia do festival de Tanabata lá em Kyoto?” A espadachim mostrou um sorriso em seguida junto com um sinal de positivo com o rosto. “Você lembra dos fogos? Da fogueira? Da foto? Tudo?”

“Lembro até das nossas yukatas, heh.” Afirmava Setsuna com tom confiante.

“Aquele tempo era tão bom..” O suspiro que seguira após a fala da espadachim deixara Konoka confusa. Afinal, ela estava feliz com o estado atual da relação delas ou não?

A guarda-costas pôde parecer um pouco rude no momento, mas a verdade era que sua infância fora como um sonho, graças á graça de Deus(por mais sarcástico que isso pareça escrito) por ter posto em seu destino tal adorável criatura que era sua querida Konoe. Para Setsuna, o anjo não era ela, endeusada nunca conseguiria se ver. A verdadeira criatura divina sempre seria Kono-chan, a bela dama dos Konoe que sempre iria proteger, acima de si, acima da Ala Alba, incluindo seu estimado professor e sua amiga colegial que dá voadoras, acima das Associações Mágicas, ou seja, acima de qualquer coisa. Enfrentaria Deuses Gregos, Papas, Mães de Santo e o Exercito Americano se fosse preciso.

O silêncio de segundos passara como horas na lente estranhamente avoada da espadachim Shinmei. Apenas “acordara” após um toque que recebera no queixo e, em seguida, na bochecha, sentindo a pele lisa e confortável da face curiosa de Konoka.

“O que foi, Set-chan?”

“Nada.. Estava apenas lembrando algumas coisas..” O olhar ainda distante começara a fitar o céu aparentemente sem estrelas, apenas com a imagem da Lua iluminando seus corpos e a cidade acadêmica. “A noite está como naquele dia do Festival Tanabata, não?”

“É, só não tem aquele ventinho gostoso que batia no topo do morro..” Um sorriso doce invadia o rosto da maga. Lembrava-se do aroma, da vista, de sua Set-chan, de absolutamente tudo daquela noite querida.

Aos poucos foi recolocando sua face sob o ombro da amada e, ao fechar os olhos, fora como se tivesse voltado para aquela época de suas vidas, onde nada parecia dar errado e tudo era um paraíso.

A guardiã segurou-a mais delicadamente. As lembranças adquiridas naquele tempo não poderiam ser retiradas de suas mentes, nunca. Era algo precioso demais para alguém simplesmente não lembrar, como se fosse mais uma reles lembrança de uma infância sem grandes emoções. Era mais, extremamente maior, maior que quase tudo o que já viveram, afinal, naquele dia tiveram seu primeiro “encontro”, digamos assim.

------------------------------------------------------------------------------------------------

Estava anoitecendo, o sol indo em direção as montanhas da volta do castelo, era dia de Tanabata e a pequenina Konoe começava a arrumar-se para seu primeiro festival sem a supervisão de criados, tudo graças há sua Set-chan, que iria tomar-lhe conta.

Colocava uma yukata rosa claro, com detalhes de flores em branco, e com uma sandália de salto alto. Queria estar bem bonita, afinal, tinha que começar a agir como uma verdadeira dama, quer dizer, pelo menos é o que lhe diziam, o que queria era somente sair com a mais querida pessoa para ela, Set-chan.

Terminando de se arrumar, de pentear seus cabelos e de olhar-se milhões de vezes no espelho enorme que se localizava em seu quarto, Konoka correu em direção ao jardim de trás de sua casa para mostrar a sua ”amiga” o quanto levou a sério sua preparação para o festival dessa noite.

Mas, como nem tudo são rosas, a pequena futura grande maga não achara Setsuna. Porque diabos a criaturazinha tinha que sumir logo nesse momento? Disse que iria treinar no jardim e agora a Konoe estava e a pré-espadachim não. Afinal, há mais algum jardim nas redondezas?

Claro que tinha! Quando se lembrou do tal jardim ficara embaraçada, perante a lembrança fresquinha daquele dia onde seu rosto deparou-se com seu anjo protetor dando quase de boca, literalmente, nela.

-----------------------------------------------------------------

”Set-chan, por que você foi para o jardim das flores treinar naquele dia?” A curiosidade da maga veio há tona após tantos anos.

”Por que? Eu estava com saudade sua, mas não queria interrompê-la enquanto você trocava de roupa.” Uma pequena vermelhidão apareceu no rosto da espadachim. ”Lá é o único lugar onde eu conseguia matar saudades de você..”

-----------------------------------------------------------------

Chegando ao destino, a pequena Konoe achara finalmente sua ”amiga”. Estava treinando os poucos golpes que aprendera até então. Obviamente treinando para ser mais forte, para defender sua Kono-chan, sua querida e estimada primeira amiga e amor.

Nem sequer notara a presença do já razoável poder mágico da futura maga e continuou treinando. Apenas deu-se conta quando a outra meteu-se em seu caminho no meio de um golpe e a pré-espadachim acabara caindo ao chão de susto.

”Kono-chan!? Não me assuste assim!” Gritava afobadamente Setsuna. Tomara um grande susto, tinha que começar a aprender a sentir presenças em sua volta, senão um dia ainda iria morrer com um ataque súbito, seja por um inimigo real ou a futura maga brincando com seu pequeno coração.

”Desculpa Set-chan, mas é que eu não pude esperar você terminar! Olhe! Meu yukata não é bonito?” A pequenina perguntava enquanto dava uma volta sob o próprio corpo.

A pré-espadachim não havia ainda notado a roupa delicada da outra. Quando percebera, estava perdendo seus olhos visando a outra, achava, não, tinha certeza que nunca iria alcançar tamanha doçura no caminhar, no falar, em qualquer gênero. Se Kono-chan fosse uma deusa, certamente seria a da graciosidade (e isso existe!?) ” Est-Está .... Muito b-bonita, Kono-chan...”

-----------------------------------------------------------------

” Eu não tinha idéia do que falar naquela hora... Não pude disfarçar, você estava maravilhosa naquele yukata.” Comentava a, agora, espadachim para sua parceita.

” É... Você tava bem quieta mesmo naquela hora.. Por acaso você já tava me ‘cuidando’ naquela época?” A guarda-costas ficara sem jeito. Não é que já estivesse olhando para ela com OUTROS olhos, mas já era um olhar mais cuidadoso, admitia para si.

-----------------------------------------------------------------

” Ano.... Kono-chan, Hm... Você... quer brincar enquanto ainda não nos levam no festival? O medo faziam a pequena Setsuna abaixar a cabeça, fazendo-a apenas olhar para a outra com o canto dos olhos.

Um corado apareceu nas bochechas da futura maga e, com um pouco de receio, respondera afirmativamente. Mas o ” clima”(não se pode usar a palavra sem aspas pois ambas eram muito novas para ter um real c-l-i-m-a) fez com que surgisse sim um silêncio mortal e não risadas como de costume.

“Né, Set-chan... Vamos andar... pelas flores?” Perguntara a herdeira das Associações Mágicas enquanto tocava as pontas dos próprios dedos indicadores.

O clima parecia interminável. Mesmo com a pré-espadachim aceitando o convite, a caminhada estava sendo quieta e vergonhosa. Trocas de olhares causavam vermelhidão nas pequenas garotas.

A noite ia caindo e o silêncio continuava. As pequenas mocinhas ainda não haviam partido para o festival e continuavam a caminhar pelas flores. Luzes só haviam ao longe, aos poucos os rostos eram escurecidos pela noite sem alguma estrela. A lua vinha forte, mas não o bastante para pudesse se ver rostos nitidamente.

“Ano... Err..” A pequena Setsuna não sabia o que fazer, era estranho, não conseguia falar nada sem gaguejar, desde aquele maldito dia em que vira o rosto de Kono-chan sob as flores desde mesmo local. ‘Flores bakas!’ a pré-espadachim gritava em mente, mas secretamente sentia uma alegria por ter a oportunidade de voltar naquele local junto desta pequena ao seu lado.

Era estranho, incrivelmente incomum. Este sentimento que sentia. Era ..? Só poderia ser! Estava amando. Mas não poderia, garotas não amam garotas! Não! Mas estava amando! O que mais seria? O que mais poderia ser aquele calor que sentiu no coração, aquela palpitação fora do comum, aquela vontade de rir e chorar ao mesmo tempo vinha a tona enquanto olhava para Kono-chan e com a lua a iluminar o resto do mundo, menos a garota que estava com o rosto de costas para tal luz?

Já a pequena Konoe, via-se encurralada, Set-chan a estava olhando tão fixamente, estava ficando sem graça. Seu rosto começava a queimar de vergonha. Estava tão quente, principalmente seu peito. Aquele sentimento aquecendo seu coração, parecia tão bom, mas não podia contar tal coisa para sua querida primeira amiga, tinha tanto medo que esta fugisse, era a reação mais lógica que vinha na mente da garota.

A futura maga foi-se ao chão, sentou-se delicadamente e olhou para a pré-espadachim como se chamando-a para colocar-se ao lado dela. Tinha medo de que se ficasse muito perto desta revelaria seu segredo sem querer, mas não poderia ficar mais tempo sem trocar palavras com ela, não poderia ver-se longe desta, não queria isso, só de pensar sentia um tremor nas pernas.

Setsuna sentou-se ao lado da futura maga, temerosa, mas ao mesmo tempo com uma misteriosa vontade de sorrir. Assunto não lhe vinha em mente, mas sabia que em algum momento iria vir algo em mente para tirar este silêncio já enfurencedor.

“Ei, Set-chan, por que você tem treinado mais nos últimos dias?” A curiosidade veio na mente da garota, já que a outra intensificara seu treino logo após o dia que mudou sua vida.

“Bem.... é que...” A vermelhidão veio-lhe novamente, fazia isso demasiadamente nos dias após a visão de seu “anjo” entre as flores, será que passaria a fazer isso por toda a vida?(Pelo que conhecemos a garota-kendô até agora, a resposta é “sim”, não concordam?) “Eu sinto que tenho que te proteger...” Disse a garota olhando para uma flor logo a frente. “Eu... Quero te proteger...” Levantava o olhar até o horizonte. “Então estou treinando mais.. Para ficar forte...” Um leve sorriso aparecera no rosto da jovem. “Por que Kono-chan é muito importante para mim..” Segurando a mão da outra menina levemente, aos poucos ficara de mãos dadas com ela sobre a grama. “E não quero te perder..”

-----------------------------------------------------------------

“Aquela foi a primeira vez que te disse que queria te proteger..” Seguia abraçada a garota agora virada de costas, mas que permanecia olhando-a, de mãos dadas, com um sorriso terno.

“Eu queria muito pular naquela hora.” Comentava a maga risonhamente.

“Por isso que saiu querendo brincar depois?” A curiosidade subiu-lhe a mente.

“Mais ou menos... Também porque eu tava ficando muito sem jeito de ficar de mãos dadas com você!” Riu com gosto da lembrança.

-----------------------------------------------------------------

Certo tempo após as menininhas foram chamadas para saírem para o festival Tanabata. Entraram no carro sedan preto. Os bancos eram de couro, podia se sentir ainda o cheio do material do quão novo era este. As garotas sentaram-se uma ao lado da outra, com sorrisos bobos nos rostos, enquanto o motorista olhava seriamente pelo retrovisor para sair do estacionamento em frente ao “castelo” da Associação Mágica de Kansai.

A vista até o local era linda, coberta por árvores, suas flores cobriam a estrada de pétalas e o aroma das cerejeiras invadia o automóvel. Konoka abandonava seu lugar para colocar seu rosto para fora da janela, sentindo o vento, agora mais frio, as flores, o aroma. Enquanto isso Setsuna colocava-se prontamente na retaguarda, segurando a cintura da outra para que não houvesse problemas relacionados a uma certa pessoa caindo da janela.

“Ahh, Set-chan! Venha ver! O vento tá ótimo!” A futura maga puxava a outra com alegria. Realmente o vento estava gostoso, mas estava esfriando e isso começava a preocupar a pré-espadachim.

"Kono-chan, você trouxe algum casaco? Está ficando frio aqui. O noticiário também falou que ia esfriar cerca de 5 graus até a noite." Tendo sua pergunta totalmente ignorada, Setsuna puxou firmemente a garota para o lado de dentro do carro.

"Ei, Set-chan! Por que me puxou?"

"Por que chegamos Kono-chan!" Setsuna ria da garota que não notara a parada do carro diante do templo localizado numa região próxima a casa da Konoe.

Em seguida que sairam do automóvel, a pequena Setsuna sentiu um puxão no braço. Logo já estava sendo carregada pela herdeira das Associações para uma discreta barraca no início do festival.

"Set-chan, olhe! Peixes dourados! Vamos tentar pegar um?" Konoka perguntava com um olhar que praticamente obrigava a pré-espadachim responder afirmativamente.

"Ok, mas não se desaponte se não conseguirmos."

A futura maga pegou o equipamento de “caça” com o dono da banca e começou a tentar ganhar um peixe próximo a borda da pequena piscina. Desajeitada, não conseguia acertar a mira e continuar com o peixe tempo o bastante para colocá-lo num caquinho com água.

Setsuna colocou-se detrás da garota e segurou o pulso desta com certa pressão. "Está errado, Kono-chan." Encostando seu corpo nas costas da outra, colocando seu rosto no lado do de Konoka, e apoiando a mão que sobrara sobre a borda da piscina, Setsuna observou por alguns segundos o peixe dourado que a futura maga desejava pegar. "Tente não fazer muitas ondas, senão irá assustá-lo." Ao terminar, Setsuna esperou o animal aproximar-se levemente das mãos das garotas e, com um rápido movimento, pegara o peixe e colocou-o o mais rápido possível no saco plástico.

Só após a captura é que notou o que fizera. Konoka estava corada. Poderiam ainda não ter muita definição de corpo, afinal, tinham apenas 8 anos, mas a proximidade da garota já fora bastante "perturbadora".

A vergonha crescera de repente em Setsuna. Com um só pulo afastou-se alguns metros da outra.
A ojou(Bem, não acho justo colocar ojou(pelo que vi em School Rumble, significa “dondoca”, já que é sem o “-sama”), mas vou dexar “ojou” mesmo assim.) levantou-se, caminhando em direção a garota.

"Bem.. Aqui está Kono-chan.." A vermelhidão e o calor começavam a amenizar e o sorriso de Konoka fez com que seu coração subisse quase até o céu de felicidade.

"Obrigada, Set-chan." Com um beijo demorado na bochecha da garota agradeceu.(Essa ação da Konoka foi pra quem já viu o ep 8 do Negima Parallel/Live Action. A cena da Honya com o Negi.. heh)

E que BELO agradecimento. Setsuna não escondera a felicidade, sorrira, e muito, pelo ato carinhoso de sua amiga. Seus lábios tocando levemente sua face pareciam toques divinos, seu cheiro fora até suas narinas, embriagando-a de felicidade.

Mas como tudo que é bom dura pouco, Konoka logo deixou que seus lábios saísem do contato com a pré-espadachim, levantou-se e chamou a amiga para ir até outra barraca.

Na verdade, a futura maga não fazia idéia de onde ir, mas não queria seguir fazendo coisas que poderiam revelar seus verdadeiros sentimentos pela amiga, continuava com o medo desta fugir, achava que esse sentimento de insegurança nunca iria sair de seu peito. Olhara para os lados para ter alguma idéia, mas não conseguia pensar em nada. Set-chan já havia se colocado em seu devido lugar, ao lado da lady, e a herdeira das Associações começara a perder-se em seus pensamentos.

‘O que posso fazer? Kono-chan parece tão avoada.. Ela não falar o que pensa é tão extranho. Normalmente ela fala tudo para mim.. O que será que está acontecendo?’ A preocupação da mini guarda-costas já era notada por Konoka, mas esta nada conseguia fazer.

Tudo o que Setsuna acabou fazendo foi seguir seus instintos e chamou a futura maga para um lugar mais isolado. Caminharam por um certo tempo, até que chegassem ao topo de um morro, com vista para todo o festival. Haviam fogos de artifício, shows tradicionalistas.

‘Tanta luz e beleza juntas em um só lugar..’ Foi o que pensara Setsuna, mas não estava se referindo as luzes das ruas ou a quantidade excessiva de sakuras ao redor. Era a benevolência da pequena Konoe, havia notado há tão pouco tempo que amava esta, mas já queria tanto ficar sozinha num lugar assim com ela. Um suspiro soltara sem intenção alguma de pressionar a outra ou de causar vergonha na Konoe.

-----------------------------------------------------------------

“Set-chan..” A maga puxava a espadachim pela gola. “Por que naquela hora você deu um suspiro tão profundo..?”

“Porque eu estava junto de você, e isso era tudo o que eu queria naquela hora...” Konoka corou de leve e mostrou um leve sorriso. ‘Que bom....Set-chan...’

-----------------------------------------------------------------

A herdeira das Associações corou elevadamente, mas resistiu ao temor e arriscou ficar no local, com aquele “clima”, com aquela Set-chan que sabia que amaria sempre, com a certeza de que nunca iria diminuir seu amor por esta, tinha certeza, era a maior certeza que tinha na vida, nunca deixaria Set-chan, e desejava que a outra pensasse o mesmo, mais que tudo, mais que qualquer pensamento, mais que o mundo em que vive. Pode parecer exagerado para uma reles e inocente menina de 8 anos, mas estava apaixonada, perdidamente, e o que mais queria era ter a outra ao seu lado. Sabia que provavelmente iria ter problemas com relação à isso, já que ela mesma no começo não admitia para si, mas iria lutar por este sentimento, mesmo que isso significasse o rompimento de amizades, já que o amor é tudo e sem este tudo a garota não era nada.

As garotas olhavam-se calmamente, com olhares ternos, vocês sabem, aquele sentimento gostoso que vem na gente quando a gente sabe que nada pode dar errado, que mesmo que aconteça algo, nós iremos seguir em frente bem, mesmo que com arranhões, mesmo que prejudicados, o que nos é mais precioso continua com a gente, então nada nos faz realmente mal.

Setsuna vira o corpo da Konoe contorcer-se de frio. Encostara-se na garota e deu para esta o casaco que colocara por cima do próprio yukata por que sabia que iria esfriar. Cobriu-a não somente com um simples casaco, mas sim com seu corpo, colocou-se ao lado justamente para cobrir-lhe com o braço e, com o que sobrara, tocou-lhe as mãos e começara a aquece-las com toques, amorosos ou não, mas toques, o que fazia ambas corarem, mas não fugirem, continuavam abraçadas até que a futura maga ficasse aquecida adequadamente observando o céu escuro com somente a luz da Lua sob elas.

---------------------------------------------------------------


“Nya, Set-chan... Aquele dia foi tãaaaoo bom!” A maga afundara o rosto sob o peito de Setsuna. A espadachim riu-se da fofura da garota, abraçou-a mais forte, confortou-a, e ficaram assim por volta de três horas. Não tinham pressa, tinham todo tempo do mundo, nada para temer, nada para pensar, podiam ficar ali calmamente, sem pensar no futuro que muitas vezes parecia assustador, cheio de desafios, por que ainda não oficializaram sua relação, não falaram para o avô de Konoka, não lutaram contra ninguém da Associação. Ainda tinham muito o que enfrentar, não precisavam apressar a angústia que iria vir mais tarde. Estavam ali, juntas, e isso era o que importava.

----------------------------------------------------------------

GEEENNTEEE!!!!
EU AMEI RE-ESCREVER ESSE CAP!
ANTES DE EU RE-ESCREVER TAVA MTO YURI, PEVERTIDO E IRIA SER MTO PIOR QUE O ANTERIOR!
AGORA FICOU TAUM FOFO!
VALEU A PENA COMEÇAR A ESCREVER AOS POUCOS ESCUTANDO AS MUSICAS DO MEU MP3 PLAYER! XD
O estranho foi que eu fikei escutando musicas de animes Shoujo-ai/Yuri, como Kannazuki no Miko, Strawberry Panic, Otome wa Boku ni Koishiteru e Yami Hon no Tabibito uahuaahahuahuahu Será que deu inspiração? Masss.... Imaginação pra romance com musicas yuris? Sim!! >:D Animes Shoujo-ai/Yuri saum mto românticos! Quem viu principalmente Kannazuki e Strawberry sabe o que eh um verdadeiro romance mais realista entre personagens de manga/anime.
Como a Chikane-chan de Kannazuki disse no ep 3: “Himeko, você conhece Kaiawase? É da onde se originam as cartas Karuta.” Obs: Essas cartas saum akelas de ano novo, onde tem dois decks, um com o inicio de uma musica, e outro onde tem a continuação. O objetivo é achar a continuação da musica no segundo deck. “Para uma concha de dois lados, há apenas uma concha que combina com o outro. Apenas um par no mundo. Mas definitivamente existe um par. Eu penso que humanos não podem fugir da igualdade. Tem alguém no mundo esperando por você também. Você, apenas você, Himeko.Apenas uma pessoa. Com certeza. Não existe nenhuma pessoa que nasceu para ser sozinha. Você deve dar o seu melhor, devagar e com cautela, com o que você pode fazer. Depois você acha essa pessoa. Até lá eu, Eu irei te proteger” Obs 2: eu ... A-M-O essa cena!! *.* Chikane-chan, sua safada! Você disse isso soh pra dexar os teus fãs viciados nessa cena e mais lokos por você, neh criatura perfeita desse mundo! *.* (Gosto tanto do casal Chikane-Himeko quanto o Kono-Setsu! XD)
Ou como a Amane(Ela naum eh do casal principal, mas eh do meu casal favorito desse anime) de Strawberry disse no ep 4: “Eu também fiquei muito nervosa na minha primeira corrida. Fiquei tão nervosa que as minhas voltas foram terríveis. Ainda penso em desistir algumas vezes. Mas.. Sempre há coisas que nos levam à tristeza, raiva e desespero. Mesmo daqui para frente. Como também, há muitas coisas alegres e divertidas.” Obs: Nesse momento Amane faz com que Hikari coloque a mão no peito dela.(Não pensem bobagens! XD) “Como é?” Resposta: É quente...(Com direito a vermelhidão kawaii da Hikari) “Certo? É porque existem muitas coisas alegres aqui. Seu peito está quente também?” No final, sem a Amane colocar a mão no peito da Hikari(infelizmente XD), Hikari fica vermelha, paralisada com o quão fofa sua amada fora no momento, sendo que ela jah era apaixonada pela Amane, mas a Amane só conheceu ela agora XD
Ou seja... Casais Yuris podem ter seus momentos extremamente românticos, mesmo que após isso elas tenham momentos super hentais uahauhauhauhauhauh
ADOREI COLOCAR OS COMENTÁRIOS DAS PERSONAGENS NO MEIO DAS MEMÓRIAS!
Eu to falando bastante neh? Acho que eh o efeito “sem internet, sem comunicação” que eu tenho passado nos últimos tempos XD
PROXIMO CAP: COMEÇA A VERDADEIRA HISTÓRIA! SÉRIO, O FINAL DO CAP SERÁ PREOCUPANTE PRA TODO MUNDO QUE LER!! >D (E eu irei rir de todos muahahahah <- Risada Maligna Mor /o/)
Falow gente! o/

4 Responses so far.

  1. lmbs100 says:

    achei muito fofo o modo q vc narrou ess cap, gostei da ideia d falar da infancia das duas, tao lindoooo><
    ja Kannazuki no Miko eu gosto mais do mangá, mas bem q a Chikane deixa a gent sem palavras ness anime, tnha hora q eu não sabia o q pensar dela *ora era boa, ora era mal*. Q pena q no mangá ainda num vi o final ;.; e sobre o mangá Love My Life tem no forum aino em port.
    PS: to esperando a cont da fic^^
    PS2:XD fui a 1ª a postar XP

  2. fofura ao extremo! amei esse capitulo!!! parabens!

    mas.... estou louca pra ver a ação que vc reservou para este fic!

    mas este cap foi mesmo muito bem narrado e contado viu!?
    D+!!!!!

    he he he...

  3. Gabi-chan says:

    Esqueci de comenta xD

    Bem,
    primeiro tenho uma palavra...
    KAWAII =3

    agora o comentario.

    Ta mto fofa a Fic, Se-chan

    Se-chan e Kono-chan criancinhas alegram o quarto xD
    Naum sei pq, mas eu ri q nem boba lendo esse tipo de Fic
    Pode nem ter graça, mas eu rio xD *loka*
    Tenho só uma pergunta,
    vc vai foca a historia na infancia ou foi só nesse capitulo?

    Ta mto boa, viu? ^^

  4. Dayane says:

    Chikane-Himeko um dos melhores casais yuri d todos os tempo em eu adoro elas....mais tem muita coisa triste eu quase chorei quando a himeko fika falando p/ chikane q talvez gostac lá do menine(esquesi o nome dele)e ela abraça a himeko como c tivec feliz e chora sem q a himeko prsebese

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -