Posted by : Lilian Kate Mazaki domingo, 10 de junho de 2018

Olá a todos! Tentando começar a coluna de comentários mais diretos de alguns animes que captem a atenção pelo potencial yuri vamos hoje falar um pouco sobre Comic Girls, um anime da atual temporada (Spring/2018) que tem lá seu potencial e certamente charme para parte do público.



A história começa com o fracasso de Kaoruko Moeta, uma garota de 15 anos que sonha em ser mangaká de histórias 4-koma (tiras de 4 quadros, aos modelos de K-On!, Azumangah Daioh, New Game e tantos outros). Apesar de ter conseguido uma publicação seu mangá se tornou o menos popular da revista na qual saía, recebendo críticas pesadas quanto à qualidade de roteiro e mesmo visual. Kaos-chan (apelido um tanto provincial da protagonista) então entra em desespero, achando que jamais conseguirá prosseguir em sua carreira. Então sua editora aconselha ela a ingressar em uma pensão onde apenas jovens garotas mangakás vivem, focadas em se tornarem melhores artistas e emplacar sucessos editoriais.

Nessa pensão Kaos conhece Koyume Koizuka, uma desenhista de mangá shoujo apaixonada pelo trabalho, mas que tem dois problemas cruciais para desenvolver suas histórias: não saber desenhar personagens masculinos e nunca ter se apaixonado na vida (o que acaba fazendo com que suas histórias de amor sejam bastante irrealistas). Neste mesmo dormitório Kaos e Koyume conhecem as veteranas Ruki Irokawa e Tsubasa Katsuki. Ruki é desenhista de mangás eróticos, ainda que isto lhe cause uma vergonha tremenda (aparentemente ela possui um talento inegável, apesar de seu sonho ser escrever histórias puras) e Tsubasa, também conhecida como Wing.V é uma popular autora de mangás shônen (de ação, aventura e muitos poderes especiais).



Após esta apresentação a história começa a girar ao entorno do convívio dessas quatro jovens mangakás (mesmo as veteranas na verdade tem a mesma idade de Kaos e Koyume) em torno de suas obras, dos desafios altíssimos de ser um artista de quadrinhos (nisto o anime é bastante cruel e realista, quando a editora de Kaos sempre tece comentários frios e técnicos sobre seus esboços) e das possibilidades que o mundo ao redor e o trabalho podem trazer para suas carreiras em construção.



Agora, do ponto de vista yuri. . .

No primeiro momento, ainda no primeiro episódio do anime jurei que os "pares" sobre os quais poderia surgir alguma situação de ship seriam Kaos-Koyume e Ruki-Tsubasa. As duas veteranas se conhecem um tanto melhor e em vários momentos contam as novatas detalhes sobre a personalidade uma da outra.

Só que as coisas mudam bem cedo na série e logo descobrimos que a romântica Koyume acaba encontrando no jeito tomboy e cool de Tsubasa uma fonte de admiração bastante. . . excessiva.




O objetivo desta coluna não é se demorar em detalhes, mas sim fazer indicações sobre obras com potencial para o fandom yuri que talvez possam ter passado desapercebidas para você, nosso leitor, no começo da temporada. Apesar do plot da história ter começado sério, até onde assisti da temporada (por volta do quarto episódio) a trama acabou caindo em um ciclo de fofura, apreciação das garotas (leiam isto como, sim, fanservice), algumas piadas sobre a paixonite de Koyume por Tsubasa e eventuais momentos para falar de mangá.

Se você está procurando por uma história sem grandes complicações ou simplesmente quer ver personagens fofas interagindo e te fazendo rir, Comic Girls é uma boa pedida. Pessoalmente eu dropei o anime por não ser o tipo de coisas que estou buscando assistir no momento, mas recomendo muito que deem uma chance para a série antes de esquecer que ela existiu nesta temporada (daqui a pouco chega Julho e vamos estar todos aqui nos debatendo sobre Happy Sugar Life e toda a barra pesadíssima que essa série trás, então quem sabe um pouco de leveza e humor agora seja bom).



Aliás, em vários momentos comecei a pensar que, tanto a Koyume quanto a Kaos seriam mangakás mais bem sucedidas se colocassem uns romances de lírios em suas histórias. Isso sim seria um ponto interessante de desenvolvimento, mas não dá pra esperar que uma obra vinda da Time Kirara Max (revista na qual o mangá de Comic Girls é serializado) seja assim tão explícito.



Apesar de que, bom, Kou e Rin são de New Game e ele é um mangá da Manga Time Kirara. . . Hm...

Até a próxima!


Fonte: Página do anime Comic Girls no Anime News Network


One Response so far.

  1. Esse anime já tava na minha lista e agora que apareceu por aqui é o próximo que eu vou ver. To numa maratona desses animes com potencial yuri, to vendo agora o Sora Yori Mo Tooi Basho, depois vou pra Comic Girls, New Game, Gabriel Dropout, Kiniiro Mosaic e por aí vai. Obrigado pelo post e mandem mais indicações sempre que possível!

Assine o feed do Yuricast!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -