Posted by : Lilian Kate Mazaki domingo, 25 de fevereiro de 2018

Olá a todos! Cá estamos de volta com mais um programa do Yuricast! E desta vez o assunto é uma introdução à uma das franquias de garotas mágicas mais importante dentro do gênero yuri: Magical Girl Lyrical Nanoha.

Mais uma vez as hosts Mazaki (@LKMazaki) e Se-chan (@SechanKV) fazem seus comentários sobre a saga de muita pancadaria mágica e ficção-científica com toques de furry que levaram ao nascimento do fenômeno Nanoha x Fate, o tal NanoFate.



Como sempre, deixem seus comentários/críticas/sugestões através do blog, YouTube ou enviem e-mails (konoaisetsu@gmail.com).

Download (Link Direto) : Yuricast 14 - Magical Girl Lyrical Nanoha - The Movie 1st (79.6MB - 0:53:45)

ASSINE O NOSSO FEED -  http://feeds.feedburner.com/yuricast

4 Responses so far.

  1. Se-chan-sama e Mazaki-sensei, estou adorando o Yuricast! Adorei ouvir vocês esses dias todos!

    Nanoha merecia um programa de três horas com destrinchamento de cada episódio (até mesmo aqueles iniciais sem muito enredo), mas acho válido analisarem o filme em vez da série, muito bom ter Nano-Fate aqui! Alias, que papo foi esse, no começo, de "shiping" Nano-Fate? Elas são CANON, doa a quem doer! Timing perfeito pra fazer esse programa, do meu ponto de vista, já que eu acabo de re-assistir o anime, estou no Strikers agora, e só posso dizer que Dragon-Ball de saias é a perfeita definição! Nanoha e Fate são a realização perfeita de Goku e Vegeta (o principe dos sayajins pode negar, mas aquela obsessão pelo Kakarotto não esconde seus desejos reais!), elas poderiam fácil destruir um planeta se não controlarem, a Precia Testarosa é praticamente um Freeza, o Livro das Trevas, que precisa absorver o poder de magos para ficar completo (Cell? Oi?) e tudo mais, eu não poderia ter melhor comparação, e como dito por vocês no Yuricast 13, "qualquer coisa fica melhor em versão sapatonistica", então...

    Ah, enfim, amei o programa, só a voz da Se-chan-sama que ficou meio baixa em alguns pontos, como ouço no trabalho e em geral tem muito barulho, acabei tendo que deixar pra ouvir em casa dessa vez!

    Nano-Fate é só amor, Yuuno nem Chrono seriam o bastante para Nanoha!

    Até o próximo e espero poder participar mais agora! Saudades de comentar por essas bandas!

    PS Off topic: Quando sai o próximo especial de Utena? Não vai ser a cada dez programas né? Eu já devo ter ouvido o primeiro umas vinte vezes!

    P.PS Off topic: Se-chan-sama, também assisti Utena em dois dias, então entendo sua dor! Eu já tinha sido alertado por uma "amiga" muito querida sobre as repetições e entrei preparado, mas mesmo assim, não consigo ver nada de Utena sem que comece a tocar bem no fundo da minha mente "zettai unmei mokoshiroku"

    P.P.PS Off topic: apoio total a Sociedade Protetora da Aihara Mei! (Repararam que a sigla disso é S.P.A.M.????)


    ah, quase esqueci, mas apoio também uma lojinha KaS! Lembro de uma conversa a muito tempo sobre camisas, Se-chan-sama, eu certamente compraria!

    Bem, falei demais por agora, mas quando não é assim? Até logo!

  2. Ray says:

    Primeiramente não posso deixar de agradecer pela iniciativa de falar sobre Nanoha no Brasil. É realmente uma ótima série que merece ser vista. Concordo com vocês em alguns pontos, mas acho que no geral ficou bem raso. Entendo o ponto de vocês de quererem focar na questão do ship, afinal, é esse o intuito do blog. Como Nanoha é meu anime favorito, eu tenho a mão um pouco pesada na avaliação de tudo que se refere. Assim sendo, vamos lá.

    Se a ideia era falar do ship, achei esse podcast como um todo um pouco desnecessário. Como comentado várias vezes por vocês mesmas, elas tem 9 anos e são crianças. Só querem fazer amizade e tudo mais. Independente de shippar Nanoha com Fate ou Yuno, qualquer um desses ships, nesse ponto da história, é forçar a barra. Então acho que se a ideia era introduzir a história pra depois falar de StrikerS, podiam ter focado um pouco mais nas questões dramáticas e de desenvolvimento de personagens e não se limitado a falar simplesmente do "suposto" amor que elas podem vir a desenvolver futuramente. Do jeito que foi passado, apenas lendo o resumo do filme e fazendo comentários genéricos sobre o que ainda vai acontecer com as duas bem no futuro, deixaram a entender que as duas primeiras temporadas não têm a mínima importância pra vocês, mesmo dizendo que é um anime tão importante pro fandom yuri. Têm muita coisa legal pra falar sobre Nanoha, mas se querem focar no ship, melhor falar logo de StrikerS. Fica a dica pra quando falarem de A's, desenvolvam mais a crítica a respeito do crescimento pessoal das meninas ao longo da história.

    Dito isso, aproveito também pra discordar do comentário do Felipe. Nanoha e Fate estão um pouco longe de ser canon. StrikerS no geral é uma série focada muito no fanservice, inclusive a relação delas nada mais é do que o famoso queerbait. Também shippo e isso me entristece profundamente, mas é o que temos pra engolir.

    E é isso. Aguardo o próximo!

  3. Acho que tenho de discordar, Ray! Concordo que as razões dos produtores e roteiristas terem adotado essa abordagem foi por saberem que público eles estavam atraindo com a série, mas a partir do momento em que decidiram seguir por esse viés, a coisa se torna canônica, simplesmente. Elas moram juntas, dormem na mesma cama, e em momento algum se relacionam tão forte e intimamente com mais pessoas. Eles podem ter feito isso apenas para atrair o público, mas agora se tomarem uma postura diferente, perderiam a maior força que a série tem no momento. Criaram uma armadilha para si mesmos...

    Mas como eu disse, concordo que eles (os produtores) não tivessem esse relacionamento em mente, principalmente antes do StrikerS, em que elas eram pequenas de mais para essa abordagem, apenas que eles assumiram isso quando fizeram tantos fanservices na própria série, vide os episódios 14 e 15 do StrikerS, elas claramente agem como casal, com direito a Mariel fazendo cena ao ver Nano-Fate com Vivio e tudo mais...

    Enfim, acho que certeza só seria possível se alguém da produção da franquia pronunciar-se, mas até onde eu vi, pra mim, a única queerbait ali são Teana e Subaru...

    Deixando isso de lado, eu realmente desgosto do termo "querrbait", nem tanto por uma questão de possível preconceito nem nada do tipo, mas por poder ser usado como forma de justificar qualquer discordância, cabida ou não, em materiais audio-visuais e afins, ou mesmo para camuflar um preconceito, mas ai eu teria que me estender demais no assunto e não acho que a proposta aqui seja essa, apenas uma observação pessoal minha...

  4. maxwell says:

    Sempre tive vontade de assistir essa série, mas não sabia por onde começar (estava receoso de ver os antigos). Graças ao podcast finalmente poderei maratonar esse anime.

Assine o feed do Yuricast!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -