Posted by : Se-chan segunda-feira, 21 de maio de 2007

Finalmente!!!! depois de 10 dias!!!! *pelas minhas contas*
Terminei o 4° cap de 'Konoka's Betrothed'!!!
Pq demorei tanto? Pq eu tenho 3 irmãos..
2 morram em Porto Alegre(capital do RS, meu estado)..
o outro fika mto na faculdade e naum usa o pc mto..
mas meus manos vieram de Poa.. entaum o pc tah congestionado.. --''
ai eu lutei com todas as minhas forças ontem pra fika no pc o bastante pra termina o cap.. ainda fiko faltando uma pagina.. uahuahuahuahuha XD
agora q um deles volto pra lah eu jah estou começando a dominar o pc dvolta pra mim.. muauuahauhauhau *risada maligna a lá eva-sama.. xD*
bem bem.. comentários sobre o fic no após o cap..

Capítulo 4 – Pensamentos Escondidos, Sentimentos Escondidos

“Voltei.” Konoka disse alegremente.

Asuna groniu. “Quando você saiu?” Vendo que Negi ainda estava dormindo e a abraçando, ela cuidadosamente retirou o pequeno garoto. Ela olhou para Konoka, que estava cantando alegremente enquanto cozinhava alguns ovos. ‘Eu gostaria de saber o que a deixou nesse super modo feliz. ’

“Asuna...” Konoka começara. “Eu corri com Yuuki-kun mais cedo...” Quando ela mencionou Yuuki Asuna acordou-se completamente. “O que aconteceu? Ele fez alguma coisa que te prejudicou Konoka” Ela disse interessada. Konoka corou muito de repente para surpresa de Asuna.

“Konoka o qu--”

“Eu queria sair para uma caminhada e terminei correndo junto com ele, mas depois ele me perguntou se eu queria andar com ele, entretanto nós começamos a conversar e depois ele me perguntou se eu queria sair com ele, eu disse sim, mas ai ele de repente ele ficou próximo de mim e nós nos beijamos.” Ela disse em um só fôlego.

“K-K-Konoka...” Asuna disse perplexa, não por causa do que ela disse, mas porque ela disse tudo aquilo em um único fôlego. Depois registrar tudo o que ouviu ela finalmente entendeu. ‘KONOKA FOI BEIJADA POR AQUELE YUUKI!’

“Espere, espere, espere... Yuuki perguntou se você sairia...” Konoka ficara sem graça. “... e então ele te beijou...” Konoka corou mais. “... Você... gosta dele Konoka?”

A garota corada parou de cozinhar e saiu da frente do fogão. Seu rosto de repente perdeu a alegria. “Eu... Eu não sei Asuna. Quando ele me beijou, eu não sei como me senti. Eu acho que ainda não o conheço muito bem.”

“Às vezes você não precisa conhecer alguém muito para gostar. Só um encontro já é o bastante pra algumas pessoas para apaixonar-se, às vezes.” Ela disse pensativa enquanto ela se sentou ao redor da mesa.

Konoka respondeu. “Você sabe por que eu queria sair para caminhar tão cedo?” Asuna quebrou seu pensamento. “Bem, agora que você mencionou...” Konoka trouxe dois ovos para a mesa. Asuna agradeceu e começou a comer.

“Eu estava pensando sobre Se-chan.” Konoka disse em voz baixa.

Os olhos de Asuna abriram-se. A garota começara a olhar os ovos que estava comendo. “Asuna, você está bem.” Konoka disse tocando nas costas de sua amiga. Asuna disse que sim, depois tomou um pouco de água e olhou para ela com um olhar curioso. ‘Será que ela poderia...’

“Mesmo? Bem, não é como se você sentisse algo diferente agora, não é?”

Konoka começou a mexer as mãos. “É... é sim... Eu comecei a pensar sobre como eu me sinto junto dela. Como eu fico feliz junto com ela, mais feliz do que com qualquer um.” Asuna sorriu. ‘Então Konoka está começando a notar isso, huh.’

“Mas Yuuki-kun...” Konoka muda de lado. Asuna observou como sua amiga estava incomodada, então botou a mão em seu ombro. “Então você tem que algum sentimento por Yuuki-kun e ao mesmo tempo por Setsuna-san?” Konoka respondeu sem tirar os olhos do prato. “Você já teve algum encontro com o cara? Porque você sai com ele e vê como as coisas vão para você no encontro. Depois disso, compare esses sentimentos com os de Setsuna-san.” Konoka olhou para ela e começara a pensar.

“É uma boa idéia Asuna! Eu estou surpresa por você saber o que fazer nesse tipo de coisa.” Ela comentou. Asuna olhou-a irritada. “O que você está querendo dizer?” Konoka sorriu para ela e botou um pedaço do ovo em sua boca. “Konoka,” Asuna disse irritada. Mas ela observou que alguém não estava ali como de costume.

“De qualquer modo, onde está Setsuna-san? Ela normalmente vem aqui para tomar o café da manhã.”

Konoka pegou seu teleforne. “Você está certa, talvez ela tenha se empolgado no treino e tenha se esquecido.” Ela ligou para Setsuna, mas tudo o que ela conseguira fora a caixa de recados. ‘Estranho... Talvez ela tenha mudado agora.’ Ela ligou novamente, mas aconteceu a mesma coisa. Konoka ligou mais 3 vezes, mas todas tiveram o mesmo resultado. Ela estava começando a se preocupar e Asuna notara isso.

“Talvez ela queira dormir ou algo assim.” A preocupação de Konoka sumira instantaneamente. “É, você provavelmente está certa.”


“Aiyah!”

“Pelo jeito esse foi uma bela soneca.” Kaede disse olhando para Setsuna. Ku Fei levantou-se e esticou-se, mas sempre olhando para Setsuna. A jovem espadachim ainda estava em seu futon e não disse nada. “Nin, Fei vamos sair para comer.” Ku Fei respondeu alegremente. “Talvez Satsuki cozinhe alguns bolinhos de carne aru!” Quando elas estavam saíndo, Ku Fei comentou com Kaede. “Mas eu continuo preocupada com Setsuna aru,” Ela sussurrou. Kaede olhou de relance para Setsuna. “Eu também, mas nós não podemos fazer nada enquanto não sabemos o que há de errado.” Ela sussurrou de volta.

“Setsuna, quer vir junto?” Kaede perguntou. Setsuna não respondeu nada. Ku Fei olhou para Kaede com uma expressão preocupada e esta replicou com silêncio. As duas deixaram Setsuna por si só.

‘Elas me ouviram,’ Setsuna notou que Kaede e Ku Fei estavam preocupadas. ‘Olharam como tivessem esquecido sobre o minha missão.’ Setsuna levantou-se e mudou para sua roupa de kendo. Ela continuava pensando no beijo de Konoka-Yuuki. ‘Talvez eu devesse tomar café da manhã.’ Ela pegou sua espada e seu celular. ‘Huh? Quatro chamadas? De quem...’ Ela abriu seu celular e viu a foto de Konoka. ‘... de Kono-chan...’ Ela fechou o celular instantaneamente. ‘Eu não posso deixar que isso mude o modo que eu devo proteger ela. Parece que eu tenho que protege-la pelas sombras novamente...’ Ela abriu seu celular de novo e escreveu uma mensagem para Konoka. ‘Se ela deseja estar junto de Miyazaku-kun então... então eu devo aceitar isso! Proteger Ojou-sama e ser amiga dela já é mais do que eu jamais poderia pedir.’ Ela colocou o celular no bolso, pegou Yuunagi, seu mp3 player e caminhou para fora de seu quarto. ‘Eu estou começando a gostar deste aparelho.’ Setsuna sorriu enquanto ela botava os fones de ouvido.


“He he he, Negi-kun é kawaii.” Konoka sorriu enquanto ela encostava sua testa na de Negi. Negi corou e gaguejou enquanto Asuna olhava os dois. “Konoka-san, eu tenho que terminar de organizar esses papéis.” Ele tentava dizer. Konoka o ignorou e continuou a acaricia-lo com a cabeça. “Tão macio!” Asuna começou a ver TV quando se cansou de ver os dois.

“Ara?” Ela viu o celular de Konoka piscar e vibrar. “Konoka! Você recebeu uma mensagem!” Konoka saiu de cima de Negi e caminhou até Asuna. “Obrigada, Asuna.” Ela disse alegremente. Ela abriu o celular e começou a ler.

“De quem é Konoka-san?” Negi perguntava curiosamente.

Konoka fechou o celular e sentou-se do lado de Asuna. “É da Se-chan, ela disse que ela não vai vir para o café da manhã e que ela está numa reunião com o vovô. Ela disse que ela está ocupada com as patrulhas porque agora ela tem que ir com Mana-chan examinar a cidade.” Mesmo que houvesse um sorriso no rosto de Konoka, Asuna poderia dizer que ela estava um pouco triste.

“Eu tenho certeza de que Setsuna-san vai ficar bem. Ah, a que horas é o seu encontro?”


Konoka olhou o relógio. “É daqui a mais ou menos 2 horas.” Kamo comentou. “Então ao meio dia Konoka-nee-chan vai experimentar a companhia de um homem pela primeira vez.” Asuna agarrou o arminho e começou a aperta-lo. “De onde você veio pra dizer esse tipo de coisa?” Negi tentou acalmar Asuna enquanto Konoka sorria um pouco mais, mas no fundo ela estava um pouco nervosa sobre ela ter um encontro com um garoto. ‘Eu queria que Se-chan estivesse aqui para que eu contar a ela.’


Desde que ela reatou sua amizade com Konoka, Setsuna esteve mais aberta e amigável. As garotas da classe não estavam mais intimidadas e estavam amigáveis com ela. Enquanto ela caminhava pelos dormitórios, as garotas a cumprimentavam, mas ela passava sem dizer nada.

“Sakurazaki-san!”

‘Vamos là, oh minha estrela está se afastando. E eu estou perdendo o controle. E se eu, se eu somente observado, eu não sairia deste buraco.’

“Sakurazaki-san!”

‘Venha aqui, oh minha estrela está se afastando. E eu estou perdendo o controle. E eu juro que eu esperei e esperei, e eu comecei a sair deste buraco.’

“Sakurazaki-saannn!”

‘Mas o tempo está do seu lado, está do seu lado agora. Não puxando você para baixo e tudo a sua volta. Não é nenhum motivo de preocupação--’

“SAKURAZAKI-SAN!”

Setsuna tirou os fones de ouvido e olhou para trás, “Eh? Qual o problema Saotome-san?” Haruna irritou-se. “Qual o problema comigo? Eu chamei você três vezes, gritando. E ainda, todos estão começando a notar que você está voltando a se afastar de todos. Aconteceu algo entre você e Konoka?”

Setsuna deu as costas para ela. “Nada, nada de mais.” Com aquela resposta, começou a caminhar. ‘Ah sim, está me convencendo muito.’ Haruna pensou agitando sua cabeça.

‘Agora, onde eu estava’ Setsuna pôs os fones de ouvido de volta. ‘—I know I'm dead on the surface but I'm screaming underneath--’ Ela sabia que ela estava usando a musica para lidar melhor com os sentimentos e ignora-los com mais rapidez. Chegando a sala do diretor geral, ela passou pelas enormes portas. Curvou-se como geralmente faz. Ele fez um gesto com a mão para que ela não fosse tão formal, também como de costume. A boca dele começou a mover-se, mas ela não conseguiu ouvir sua voz.

‘--And time is on your side, it's on your side now. Not pushing you down and all around. It's no cause for concern...’

Ele deu uma pequena risada. ‘Stuck on the end, of this ball and chain. And I'm on my way back down again--’

Ela sabia que deveria tirar os fones de ouvido ou parar a musica. Mas desde que ela viu que poderia ler os lábios dele ela pensou ‘porque diabos não?’ O que notou é que ele estava dizendo que ele estava muito feliz com os resultados de Yuuki, ela frizou sua cabeça por ele saber. Ele estava também dizendo que não precisava mais ir junto com Mana examinar o local; Ela agitou sua cabeça como resposta. Então ele perguntou a ela o que ela achava de Yuuki.

‘Stood on a bridge, tied to a noose, sick to the stomach. You can say what you mean, but it won't change a thing.’

“Eu acho que... acho que ele é bom para Ojou-sama.”

Konoemon sorriu e comentou. “Estou contente por você sentir isso também. Estou feliz que a melhor amiga da Konoka aprovou-o.” Ela sorriu de volta e pensou, ‘Estou cheia de segredos.’

“Bem Setsuna-kun, isto é tudo: Você pode sair.” Ela curvou-se mais uma vez e saiu da sala.

‘Stood on the edge, tied to a noose and you came along and you cut me loose.’

Konoemon sabia que ela não estava escutando, mas ele não comentou, ele sabia o que estava acontecendo. “Algumas vezes quando olhamos para os sentimentos dos outros nós esquecemos os nossos.” Ele disse olhando para a sala vazia. ‘Eu queria que você seja a pessoa para Konoka, mas é assim que tem que ser...’ Ele pensou e começou a trabalhar.

‘You came along and you cut me loose. You came along and you cut me loose…’

Setsuna fechou os olhos e encostou-se na parede. A música terminou e agora ela não sabia o que fazer. Ela estava com um pouco de fome, mas decidiu ignorar, ela não sabia se ela conseguiria olhar para Konoka e ainda não tinham aberto nada, pois era sábado.

“Setsuna-san?”

Ela abriu os olhos e reconheceu a voz. “Asuna-san, bom dia.” A garota de cabelo laranja examinou-a com os olhos. “Okay, Qual é o problema? Não me diga que você tem alguma missão pra fazer mesmo depois de fazer o exame extra.” Setsuna balançou a cabeça. ‘Eu estou tão fácil de entender?’

“O que? Não não não. Eu só estou um pouco cansada, só isso.”

Asuna começou a olhá-la brava. “Você não é uma boa mentirosa, você sabe...” Ela falou. Observando a mudança repentina de sua amiga, o rosto de Asuna ficara mais amigável. “Setsuna-san, Qual é o problema?” A garota de cabelos pretos olhou para ela. “Nada, eu só estou um pouco cansada do treino da manhã.” Os olhos de Asuna abriram-se mais por um instante. ‘Droga! Não me diga que ela...’

“Setsuna-san... você não viu Kono--”

A garota de repente tira suas costas de junto da parede e a correr. “Eu tenho algo para fazer Asuna-san! Eu te vejo depois.” Ela gritou enquanto corria. Asuna olhou para ela depois com um olhar de tristeza. ‘Setsuna-san...’


“Um.. dois... três...”

Madoka, Misa e Sakurako estavam observando um garoto estranho por de trás de arbustos. “Quem você pensa que é.” Sakurako perguntava enquanto colocava seus braços para fora. O garoto se inclinou para baixo, sem perceber nada. “Eu não sei, mas ele é bem bonito.” Misa disse sorrindo. Madoka observou. “Pare com isso, você tem namorado, lembra?”

“Madoka, porque você não pergunta pra ele quem ele é.”

“O que? Porque eu?”

As duas se olharam, concordaram, e disseram em uma única vez: Kugimi. Madoka encarando-a. “Está bem, eu vou.”

“Um.. dois.. três...” Yuuki sentou-se. ‘Eu tenho um encontro com a pessoa mais bonita que eu já vi em algumas horas. Mas eu não consigo saber se ela dirá sim, então eu não eu não estou muito seguro do que fazer. Talvez eu deva pedir um conselho para Setsuna-san.’ A memória da garota veio em sua cabeça.

“Eu sou guarda-costas e amiga, só isso.”

Ele recuou. ‘Mas parece que ela poderia arruinar as coisas entre eu e a Konoka-chan...’ Sorrindo de repente, ‘Todavia Konoka-chan não fugiu quando eu a beijei. Mesmo assim, eu penso que Sakurazaki Setsuna é um obstáculo que eu devo enfrentar. Com minhas habilidades em pesquisa eu estou certo que --’

“Bom dia.”

Seus pensamentos foram interrompidos quando uma garota de cabelos azuis aproximou-se dele. “Um, hey.” Ele disse olhando para cima. Ele levantou e curvou-se. “Sou Miyazaku Yuuki, bom dia.” Madoka olhou para suas amigas e respondeu. “Sou Kugimiya Madoka, eu gostaria de saber se não é da minha conta, mas o que você está fazendo aqui?”

Yuuki endireitou-se. “Eu apenas terminei de dar uma corrida, então agora eu estou descansando um pouco. Você gostaria de me acompanhar?” Madoka olhou de relance as suas amigas novamente e voltou-se de volta para Yuuki. “Eh.. certo. Porque não?”

“O que ela ta fazendo?” Sakurako perguntou. “Talvez ela esteja tentando tirar alguma informação dele.” Misa disse olhando para os dois.

“Diga-me Kugimiya-san--”

“Me chame de Madoka.” Ela interrompeu.

“Sumiasen, Madoka-san, há alguma chance de você ser amiga de Konoe Konoka?” Ela olhou para ele curiosamente. “Konoka-san? Sim, eu sou da mesma classe que ela. Porque a pergunta?”

Yuuki percorreu a mão pelo cabelo e sorriu. “Eu vou sair com ela.”

Madoka estranhou. ‘Eu pensei que ela estava com Sakurazaki-san!’

“Eh! Mesmo?”

Ele riu com a resposta. ”Pelo jeito, eu não sou o tipo de garoto que Konoka-chan sai geralmente?”

‘Bem, todos suponhamos que ela estava com a Sakurazaki-san,’ Ela pensou enquanto riu nervosa.

“Ah, eu só estou surpresa por Konoka-san não ter mencionado que tinha um namorado.” Yuuki sorriu. ‘Então ela pensa que eu sou o namorado da Konoka-chan, eh?’

“Ah, bem, o gato saiu do saco agora não é? Mas eu ainda não estou certo sobre algumas coisas que ela gosta. Já que você a conhece, você pode me ajudar?”

Madoka olhou-o insegura. “Um, claro, porque não?”


Konoka estava andando por volta do campus para procurar sua melhor amiga. Ela permaneceu ligando para ela, mas sempre caia na mensagem de voz. Então ela decidiu caminhar em volta para ver se alguém tinha visto ela. Mas quando ela passou pela cafeteria ela foi encurralada e levada de encontro à parede. Haruna e Kazumi olharam-na com olhares sérios em seus rostos.

“Ano...”

“Konoka, você e Sakurazaki-san estão saindo,” Kazumi disse enquanto pegava um bloco de anotações. Konoka deu um olhar confuso. “Ah... o que--”

“É esse o porque dela estar tão fria e distante-como,” Haruna disse. Konoka olhou as duas. “Do que vocês duas estão falando? O que há de errado na Se-ch--”

“Isso é surpreendente.” Haruna interrompeu. “Quando ela caminhou no dormitório com você dormindo nos braços dela nós todas pensamos que vocês duas era finalmente oficial.” Ela coçava seu queixo.

Kazumi anotou algo em seu bloco. “verdade, verdade, eu mesma comecei a história. Eu já fiz até uma edição para isso.” Ela comentou. “Então, o que eu vou fazer com essa foto agora?”

Konoka olhou para os lados para ver se tinha alguém. “Um... ontem? Eu estava dormindo nos braços da Se-chan?” As duas garotas confirmaram. “E agora está agindo distante e fria com todos?” As duas confirmaram de novo. “O rumor é que você terminou com ela para ficar com algum garoto bishounen rico” Kazumi leu em seu bloco.

“De quem você escutou isso?”

De repente Haruna agarrou Madoka do nada. “Esta bem aqui falava com Misa e Sakurako, quando eu e Kazumi andávamos por perto.” Madoka corou e curvou-se. “Gome ne, Konoka-san, mas é verdade que você e Yuuki-kun são mesmo um casal?” Konoka corou e agitou a cabeça. “Não, não, não!”

“Então você e Sakurazaki-san?”

Konoka corou mais, “Um... eu ... hey, espere um momento! Você disse que Se-chan estava agindo estranha hoje, você sabe porque?” Todas as três garotas olharam-se e logo após para Konoka. Todas balançaram a cabeça. Então um pensamento veio em Haruna. “Poderia ser isso.. Será que ela poderia ter ouvido o rumor?” Kazumi concordou e coçou o queixo. “É uma possibilidade, boatos se espalham rápido em Mahora Gakuen.”

‘Será que Se-chan está braba? Será que ela gosta de Yuuki-kun?’

Ela correu rapidamente das garotas e foi ao primeiro lugar que veio em sua mente. ‘Espero que ela esteja lá...’


Setsuna encostou as costas numa parede, enquanto ela olhava as nuvens passando. As pilhas estavam quase acabando, mas ela não se preocupou. Apenas olhar as nuvens já era o bastante para acalma-la. Sua mente estava cheia de pensamentos, assim procurou um lugar que conseguisse parar para refletir. O telhado era o único lugar que pudera pensar. Raramente alguém vai até esse lugar, onde ela e sua querida princesa já gastaram horas olhando as nuvens no céu em dias lentos e chatos. Setsuna levantou o braço e fechou a mão, fingindo que havia agarrado uma nuvem. Ela pensou que era boa em reprimir seus sentimentos, mas ela estava errada. Ela fechou os olhos e escutou a música até que terminou.

“Se-chan...?”

Os olhos de Setsuna abriram-se rapidamente e olharam para cima. “Kono-cha... Ojou-sama... O que você está fazendo aqui?” Konoka encostou sua obrelha na da jovem Shinmeiryuu, esta ficando corada no momento. “Eu estou proibida de vir até o telhado? E você está de novo falando esse ‘Ojou-sama’, Se-chan--” Setsuna levantou-se e curvou-se. “Eu devo ir.” Ela andou rapidamente, mas foi detida num abraço dado pela outra garota.

“Se-chan, por que você está evitando todo mundo? O que aconteceu para você fazer uma coisa dessas?” Konoka sussurrou enquanto prendia a garota firmemente. Setsuna resistiu ao impulso de abraçá-la de volta. ‘Eu não devo...’ Ela olhou para qualquer coisa ao longe.

“Você gosta do Yuuki-kun...?”

Setsuna olhou para ela surpresa. “Eu, gostar desse tipo de garoto? Ojou-sama, de onde você tirou isso?” Konoka olhou para cima em direção a Setsuna. “Porque você me deixou mais cedo ontem e também porque eu tenho certeza que você ouviu os boatos e--” Setsuna colocou um dedo nos lábios de Konoka. “Não é de Yuuki-kun de quem eu gosto...” Ela disse em voz doce.

Konoka olhou-a de jeito confuso. Setsuna resistia com todas suas forças para não beijar a garota. “Eu só estou com umas coisas na minha cabeça.” Ela sorriu para ela e Konoka pode sentir seus lábios aquecendo. “Além do mais... Eu sei como Ojou-sama gosta dele então...” O abraço de Konoka na outra garota ficara mais forte. “Se-chan... eu...” Ela sentiu um par de braços a envolvendo fortemente pela cintura e Konoka corou mais forte.

“Eu vi o que aconteceu hoje de manhã.” Ela ouviu o sussurro dela. O calor da respiração de Setsuna fez a orelha dela esquentar. ”Eu sempre protegerei Kono-chan, nâo importa o que aconteça.”

Os olhos de Konoka abriram-se. “Se-chan, o que você está dizendo...?”

Ela sentiu dedos delicados levantarem seu queixo, fazendo-a encontrar o olhar de Setsuna. Ela conseguia ver muitos sentimentos atrás daqueles olhos castanhos. Tristeza, interesse e amor eram alguns dos que reconhecera naquele momento. Seu coração começou a bater mais rápido e ela estava como num transe.

“Se-chan...” Ela sussurrou.

Konoka deixou de repente seu rosto mais próximo, assim como Setsuna, os olhos delas continuavam compenetrados um no outro. Konoka separou levemente seus lábios quando Setsuna chegara mais perto. Ela estava nervosa, mas ao mesmo tempo excitada. Ela viu a outra garota engolir a saliva quando estavam apenas alguns centímetros afastadas. Konoka fechou os olhos, esperando encontrar os lábios de Setsuna. As duas estavam tão próximas; Ela podia sentir o cheiro da essência de vanilla que vinha de Setsuna.
O rosto de Setsuna estava surpreendentemente da cor normal. Ela tentou se afastar, ela tentou parar, mas ela não conseguiu. Ela não conseguia parar de segurar Konoka pela cintura, seu coração começou a bater mais rápido do que quando estava em batalha. sentia que estava fazendo o errado mesmo depois de fechar os olhos. “Pare! O que você está fazendo! Kono-chan é...” Mas seus pensamentos foram cortados quando sentiu a respiração quente que vinha dos lábios de Konoka. As duas estavam a menos de um centímetro separadas até que--

"Konoka! Já são 12 horas! Yuuki-kun já está aqui." Asuna gritou enquanto estava entrando no telhado, apenas depois que viu Konoka e Setsuna tão próximas. Ela olhou para as duas garotas suspeitas e tirou lentamente o seu sorriso meio forçado de seu rosto. “Eu devo dizer que aconteceu algo urgente?” Antes que Konoka pudesse falar, Setsuna respondeu pela garota.

“Não, eu estava apenas dizendo para Ojou-sama se divertir hoje.” Setsuna olhou para longe de Konoka, tentando evitar que seus olhos fossem em direção aos dela.

Konoka não tirou os olhos da direção da garota. Ela queria olhar para ela, para ver o que ela estava sentindo.

“Konoka?”

Os olhos dela voltaram-se para longe de Setsuna lentamente. “Bem, então... Eu acho que eu irei com ele.” Ela disse não mostrando nenhuma emoção. Ela caminhou no caminho contrário da espadachim e olhava de lado para ela, apenas para ver o que a deixou desligada. Asuna olhou para as duas e confundiu-se. ‘O que aconteceu? Elas estavam tão próximas...!’

“Bem, então, Asuna.” Konoka disse alegremente. “Aonde está Yuuki-kun?” Asuna olhou-a surpresa. “Na entrada.” Ela disse lentamente. A garota de cabelos laranja olhou novamente para Setsuna, esta estando ainda de costas. ‘Ela não vai tentar impedi-la?’

“Obrigada, Asuna.” Konoka disse com um sorriso e desceu.

Quando a porta se fechou, Asuna correu até Setsuna. “Porque você não a parou? Quando eu vi vocês duas eu pensei que você finalmente tinha falado para ela!” Setsuna distanciou-se e começou a caminhar pela beirada do telhado. “Setsuna, você está certa que quer a deixar sair com Yuuki? Eu acho que vocês foram feitas uma para a outra! E o que estava prestes a se confirmar está longe de acontecer agora! É obvio que Konoka sente o mesmo!” Setsuna subiu na borda do telhado, dando as costas para Asuna.

“É melhor ela estar com ele de qualquer maneira. Ele pode dar para ela coisas que ela vai desejar no futuro. Ele vem de uma boa família, ele é popular, ele é inteligente, atlético, e bonito, tem um brilhante futuro, e pode dar a ela uma família.” Ela disse quietamente. Asuna corou com a última parte. “Você acha mesmo que eles vão ficar juntos por tanto tempo? Nem mesmo ela não está certa do que sente por ele.”

“É melhor deste jeito.” Ela gritou olhando de volta para Asuna. Asuna deu um passo para trás e surpreendeu-se por ver lágrimas nos olhos dela. “Kono-chan, não, Ojou-sama merece muito mais do que uma meia youkai como eu! Eu sou uma covarde e fraca... eu não pude nem ao menos dizer enquanto nós estávamos tão próximas... eu...” Ela olhou para longe novamente. “Eu não digna dela!” Ela tentou parar de deixar que as lágrimas caíssem de seu rosto, mas ela continuaram a cair. Asuna ofereceu a mão para ela, querendo confortá-la, mas Setsuna pulou do telhado.

Asuna correu até a beirada, mas só pode ver Setsuna correndo na floresta. ‘Setsuna... Pare de ser tão exigente consigo mesma.’ Ela pensou irritada, enquanto dera um soco no concreto.

-----------------------------------------------------------

que Asuna filha da p#@$!!! XD
merece a morte!! --''
e a Setsuna abobada e cagona naum seguro a Ojou-sama! uhauhauhah XD
coitadinha da Ojou-sama...
daki por diante eh a parte q eu começei a naum ih mto com a cara da Setsuna...
proximo cap aparece mais um personagem de negima que vai fika entre os principais do fanfic ateh onde paro!!!
no cap 8 vcs vaum fika pasmos!!! *assim como eu.. uahuahuahauha*
vo dexa dois fanarts meus como desculpas.. XD


o 1° deles eh inspirado nessa ultima cena delas se aproximando uma da outra..
achei ateh q fiko legal pra quem desenho as 2 da manha e sem nenhuma base pra copia.. ^^''
o outro eu pensei na viagem de kyoto.. akele momento kawaii quando a konoka diz "se-chan.. voce estah como um anjo" ou algo do tipo.. a parte maaaaiiisss linda de todo o manga.. XD *viciada*
ateh outro dia.. ainda tenhu mais dois fanarts pra posta.. mas vo dexa pra outro dia! o/

7 Responses so far.

  1. Venicio says:

    ARRGHHHHHHHHHHHH!!!

    Eu mato vc!!
    e tbm mato a tonta da Asuna
    isso é hora de interromper aquele momento

    vou torcer o pescocinho da Asuna

    vc só está salva por que eu quero ler o resto da historia

    Parabens tá otima a tradução
    bjus!!

  2. Luma says:

    asuna sua.. sua..grrrr ><
    obrigada por mais um cap!
    e amanha.. estarei aqui de novo pra ver a ultima pagina =D

    "*

  3. se-chan says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  4. Jéssica says:

    AIIIIII EU VOU MATAR VC E TB VOU MATAR A ASUNA-BAKA!!!!!..
    obrigada pela traduzao mais nao demore com a proxima traduzao em?parbens bjs e tchauzinho

  5. se-chan says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  6. se-chan says:

    finalmente.. *cansada*
    terminei!!! XD
    agora...

    começar o 5.. --''

  7. ARGH!!!!!!! a asuna tinha que interromper no melhor????
    essa setsuna tambem..toda amarelona!!!!!!
    ai ,ai...sem mais comentarios...
    to esperando o proximo cap viu!!!!
    teh mais!!!

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -